Busca  
  Química   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

A ação dos antiácidos

Os exemplos mais comuns de bases são os hidróxidos – substâncias iônicas formadas pelo íon OH. Porém, nem todo hidróxido serve para atacar a acidez estomacal. Para isso, são necessárias bases com características específicas. Elas devem ser atóxicas e pertencer ao grupo de bases pouco solúveis em água.

O uso de bases fortes como os hidróxidos de sódio (NaOH) e potássio (KOH) para combater a acidez estomacal só agravaria o problema. Ao entrar em contato com o ácido clorídrico, a reação química dessas bases seria tão rápida que a sensação de calor no estômago aumentaria. O jeito, então, é recorrer às bases atóxicas pouco solúveis que liberam calor mais lentamente, como os hidróxidos de alumínio Al(OH)3 e magnésio Mg(OH)2.

Essas bases, encontradas nas farmácias em forma de suspensões e pastilhas, reagem mais lentamente com o excesso de ácido clorídrico no estômago, aliviando a sensação de mal-estar por mais tempo. O tratamento com pastilhas tem a vantagem extra de aliviar irritações no esôfago, que ocorrem quando o suco gástrico atinge essa região. O medicamento em suspensão, cujo aspecto é um líquido leitoso, deve ser agitado antes de ingerir. Caso contrário, a pessoa estará tomando, nas primeiras doses, uma solução com pequena capacidade de neutralização e, no fim do frasco, uma solução com excesso de hidróxido.


Anterior Início Próxima