Busca  
  Economia   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

O café salvando a pátria

Shutterstock

O crescimento da economia cafeeira trouxe inovações importantes para as técnicas de produção e exigiu muitas adequações no sistema de trabalho, que paulatinamente foram substituindo a mão de obra escrava pelo trabalhador livre. Também estimulou o desenvolvimento urbano e dos transportes.
 
Os altos lucros obtidos com essa cultura asseguraram uma folga econômica para o Brasil, principalmente para o Estado de São Paulo, durante várias décadas. Mas tudo isso também exigia vultosos investimentos de capital para continuar se reproduzindo.
 
A superprodução

A partir de 1890, o Brasil teve lucros recordes com as supersafras e, consequentemente, os fazendeiros investiram ainda mais nas produções seguintes. Contudo, o excesso de café no mercado, aliado à política de deflação adotada por Campos Sales, contribuiu para a crise dos cafeicultores, que viram sua capacidade produtiva diminuir e, consequentemente, seus lucros.
 
 


Anterior Início Próxima