Busca  
  Economia   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

A ascensão dos reis do açúcar

acervo klick
Uma igreja e embarcações. William John Burchell, 1826. Ao fundo, vê-se a marina do Porto de Santos.
  
A primeira grande fase da produção açucareira foi a da implantação, que começou por volta de 1530. O auge, no entanto, ocorreu entre 1570 e 1620, quando a demanda na Europa aumentou e o Brasil praticamente não tinha concorrência.
 
   
Quando foram expulsos do Brasil, em 1654, os holandeses levaram a cultura açucareira às Antilhas, concorrendo com a produção brasileira. Conhecendo bem o sistema de produção, a Companhia das Índias Ocidentais conseguiu fabricar um açúcar mais barato e de excelente qualidade.





Em função da concorrência holandesa e das oscilações do mercado europeu, a segunda metade do século XVII foi uma época difícil para os senhores de engenho do Nordeste. Alguns deles começaram a diversificar as atividades, investindo na produção de fumo e na criação de gado no sertão.
 
Capitais ingleses salvam a produção

Sem a presença holandesa, Portugal recorreu à Inglaterra, que se tornou o novo centro financiador, refinador e distribuidor do açúcar brasileiro. 
 
A concorrência da mineração

Em 1693, com a descoberta das grandes jazidas de ouro em Minas Gerais, os plantadores de cana tiveram dificuldades com a falta de mão de obra, pois a maioria dos escravos estava sendo comercializada na região da mineração.
 

Mesmo com esse problema, durante todo 'Século do Ouro', o Brasil sempre exportou mais açúcar do que qualquer outro produto para a Europa.



Anterior Início Próxima