Busca  
  História regional   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

A época da mineração (1693 a 1780)

A descoberta do ouro em Minas Gerais atraiu a população de várias capitanias à região das minas. A reivindicação de exclusividade de exploração para os paulistas, feita de forma oficial, foi negada.

A Guerra dos Emboabas

A disputa pelo ouro chegou a causar confronto armado: A Guerra dos Emboabas (1708 a 1709). De um lado, baianos e portugueses e, de outro, paulistas e índios lutavam pelo domínio da região. Os paulistas foram derrotados e foi fundada, em 9 de novembro de 1709, a Capitania de São Paulo e Minas do Ouro, que chegou a englobar a região de Minas ao Rio Grande do Sul, além de Mato Grosso e Goiás.

Saiba mais sobre a Guerra dos Emboabas.


Medidas de fiscalização tomadas por Portugal

A criação da Capitania de São Paulo e Minas do Ouro, separada do Rio de Janeiro, procurou pôr fim aos conflitos na região mineira e agradar aos paulistas derrotados. Em 21 de fevereiro de 1720, ela foi dividida em duas, surgindo, assim, a Capitania de São Paulo e a Capitania das Minas Gerais.

A vida econômica do período

A mineração refletiu-se na economia paulista de maneira indireta. Era necessário alimentar e vestir o povo das minas. O comércio de comida, vestuário e animais fez crescer a produção em São Paulo. Tiveram origem as monções – expedições fluviais de abastecimento.



Anterior Início Próxima