Busca  
  Antiguidade   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

O templo

Construção monumental destinada ao culto dos deuses. Ali também eram prestadas homenagens aos faraós, destacando seu poder sobrenatural. O intuito era impressionar o povo e, assim, dominá-lo. Com suas muralhas, o templo separava o mundo celestial do mundo terreno, convertendo o faraó em intermediário entre o povo e os deuses. No templo, os valores religiosos e os administrativos eram unidos. Com o tempo, os sacerdotes adquiriram um grande destaque econômico e político.

Elementos arquitetônicos

Nos templos egípcios havia um esquema básico, sempre repetido: uma avenida externa de esfinges conduzia à porta principal. Depois desta havia um grande pátio que dava acesso à sala hipostila. Vinha, então, a sala dos sacerdotes. Atrás de um segundo pátio localizava-se o santuário, onde ficava a imagem da divindade. A essa sala só tinham acesso o faraó e o sumo sacerdote. Uma muralha rodeava todo o conjunto, isolando-o do exterior.

Atividades

No templo, o faraó e os sacerdotes rendiam culto aos deuses. Para cuidar dos deuses, os sacerdotes varriam e lavavam o santuário. A imagem da divindade era retirada, e a ela se ofereciam comida e roupas; depois disso, era recolocada no lugar. Além disso, o templo era uma grande unidade econômica: controlava a atividade econômica da cidade, mobilizando grande número de funcionários e outros trabalhadores. Em seu interior, havia escolas, oficinas e armazéns.

A mumificação
  
Os egípcios acreditavam na imortalidade da alma e pensavam que, para manter a vida após a morte e garantir a sua sobrevivência no além, era preciso preservar o corpo. O processo de mumificação conserva o cadáver, evitando a decomposição. Os órgãos internos eram retirados e guardados em vasilhas. O corpo era então mergulhado em uma substância chamada natrão, para impedir a decomposição. Depois de certo tempo, era envolto em bandagens de linho e enterrado em um sarcófago. O corpo embalsamado recebia o nome múmia. As crenças que os egípcios tinham acerca da vida após a morte estão resumidas no Livro dos mortos.


Anterior Início Próxima