Busca  
  Sociedade   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Presidente da Coreia do Sul ganha Nobel da Paz

Kim Dae-jung foi premiado com o Nobel da Paz
O sonho de reunificação das Coreias garantiu o prêmio Nobel da Paz ao presidente da Coreia do Sul, Kim Dae-jung, que lutou contra ditaduras militares nos anos 1970 e 1980. No poder desde 1997, o sul-coreano recebeu o prêmio por sua iniciativa de paz com a vizinha comunista Coreia do Norte. Segundo o Instituto Norueguês do Nobel, Kim foi homenageado pelo seu trabalho para democracia e direitos humanos na Coreia do Sul e pela reconciliação com a Coreia do Norte. As iniciativas de Kim Dae-jung trouxeram a esperança do fim da Guerra Fria na Coreia.
 
Kim foi escolhido entre 150 indicados por organizações de todo o mundo. Também concorriam ao prêmio o secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, o presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton e até o ex-presidente iugoslavo, Slobodan Milosevic, acusado de crimes de guerra.

Kim Dae-jung é chamado por seus admiradores de "Nelson Mandela da Ásia", por sua luta a favor da democracia. Nascido em 1925, viveu a infância na Coreia sob ocupação japonesa. Kim foi condenado à morte durante a guerra com a Coreia do Norte, mas escapou graças ao desembarque das tropas norte-americanas perto de Seul. Saiba mais.


Anterior Início Próxima