Busca  
  Sociedade   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

A história de Sofia

Sofia era uma menininha bem ruivinha. Por isso, recebia apelidos de seus colegas de escola como foguinho e ferrugem. Ela nunca se importou muito em ser chamada assim.




O que realmente começou a incomodá-la era o fato de que na sua casa somente ela era ruiva. O cabelo de seu pai era castanho-escuro e o de sua mãe, castanho-claro. Seu irmãozinho, ainda um bebê, era bem cabeludo e seu cabelo parecia com o de seu pai.

Na verdade, Sofia só começou a perceber essa diferença quando entrou na escola e os apelidos começaram.

Um dia depois da aula, sua mãe notou que ela estava diferente, muito pensativa e perguntou o que estava acontecendo. A mãe de Sofia, Ana, ouviu o que a menina tinha a dizer e convidou-a para ir até o quartinho que ficava nos fundos da casa, onde ela guardava coisas antigas em umas caixas de papelão.



Anterior Início Próxima