Busca  
  Introdução à Filosofia   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

O surgimento

Apesar do pensamento filosófico ter surgido no final do século VII a.C, a palavra Filosofia surgiu relativamente mais tarde e atribui-se a Pitágoras de Samos sua utilização pela primeira vez.

Curiosidade: O animal que simboliza a Filosofia é a coruja. Como tem hábitos noturnos, ela permanece acordada enquanto a maioria dos homens dorme. 


Ao comparar a vida às grandes festas de Olímpia, mas precisamente aos Jogos Olímpicos, Pitágoras identificou quatro tipos de pessoas:

1) aquelas que iam pelos negócios, pois comercializavam durante os jogos;

2) as que iam para participar como competidores, exibindo seus talentos esportivos e seus corpos;

3) as que iam apenas por motivo de divertimento; e, por fim,

4)
aquelas que além de assistir ao espetáculo, preocupavam-se em observar o desempenho e o valor dos atletas.

Imagem histórica que representa os Jogos Olímpicos na Grécia Antiga

Você sabia que os Jogos Olímpicos tiveram início na Grécia Antiga, mas precisamente em Olímpia? Saiba mais a esse respeito.


Os três primeiros tipos de pessoas, segundo esse pensador grego, formavam um grupo cujos interesses pessoais se sobressaiam. Já o quarto tipo corresponderia a uma contemplação desinteressada. Os filósofos, por sua vez, pertenceriam a este último grupo.

Com essa analogia, Pitágoras concebeu que a atividade do filósofo deve ser totalmente desprovida de interesses financeiros ou de competição, já que a sabedoria e o conhecimento não são propriedades específicas de ninguém. Para ele, o desejo que deveria mover o filósofo era o de observar, avaliar e conhecer as coisas do mundo.


A formação etimológica da própria palavra Filosofia representa isso muito bem. Ela é composta por dois outros termos: "filo", que deriva de philía, ou seja, amizade, e "sofia", palavra derivada de sophia, que significa sabedoria. Em resumo, Philosophia quer dizer amizade pela sabedoria, amor ao saber.

Fique Sabendo: A Etimologia é um ramo de estudos que se preocupa em estudar e conhecer a origem das palavras, sua formação histórica, os elementos que as constituem e, por conseguinte, seus significados.

Pitágoras teria dito que a sabedoria plena era privilégio dos deuses, cabendo ao homem apenas desejá-la, amá-la, ser seu amante ou seu amigo, isto é, filósofo (sophós = sábio).

Na verdade, a palavra sophia carrega uma ambivalência que se torna bastante perceptível no decorrer da história da Filosofia, pois tanto pode significar o saber, entendido como conjunto sistemático e racional de conhecimentos sobre o mundo e os homens (e sophós é aquele que conhece verdadeiramente a realidade), como pode significar sabedoria, entendida como disposição humana para uma vida virtuosa e feliz (e sophós é aquele que sabe bem conduzir sua vida ou praticar o bem).

A grandeza dos filósofos antigos (ou dos inventores da Filosofia) esteve, portanto, em reunir esses dois sentidos e estabelecer uma articulação interna necessária entre ambos, concebendo o saber como condição da sabedoria e a sabedoria como forma superior do saber. A proposta desses pensadores gregos foi, então, substituir a visão mitológica dominante por explicações racionais.




Anterior Início Próxima