Busca  
  História da Filosofia Grega   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

A Escola da Pluralidade


A Escola Pluralista, ou Atomista, surge com o propósito de resolver os embates criados entre os jônicos e os eleatas. Para tanto, vislumbrou-se a necessidade de questionar o princípio básico da Filosofia cosmológica que até então vigorava: a ideia da physis como uma substância única.

Em um clique, relembre rapidamente a preocupação que norteou os primeiros filósofos gregos, os pré-socráticos.



Assim, propuseram que a physis não poderia ser limitada a um único princípio (ou arché) formador, mas deveria ser pensada como composta por vários. Ou seja, para os pluralistas, o princípio da realidade não era único, mas múltiplo. Resulta dessa concepção a própria nomenclatura da escola, isto é, pluralista. Nas páginas a seguir, você poderá conhecer quem eram e como pensavam os pluralista e entender por que eles também são chamados de atomistas.



Anterior Início Próxima