Busca  
  Economia   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

A conquista do Oeste: como o agronegócio chegou ao Cerrado?

Satin/Shutterstock


O solo do Cerrado é extremamente pobre em nutrientes, o que inviabilizava sua exploração comercial. Contudo, o relevo plano, chapadas e chapadões com boa distribuição dos recursos hídricos foi um atrativo, motivo pelo qual ele foi escolhido para receber unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

O processo de conquista do Cerrado  


Satin/Shutterstock
Para aumentar a produtividade, agricultores costumam fazer uma correção da acidez do solo

wavebreakmedia/Shutterstock
Por meio do melhoramento genético da Braquiaria, gramínea proveniente da África, foi criada a Braquiarinha, que permitiu a criação de pastos de melhor qualidade, ampliando assim a produtividade da pecuária
Roberto Tetsuo Okamura/Shutterstock
Por meio de diversas pesquisas, a Embrapa conseguiu adaptar a soja ao clima e ao solo tropicais. Atualmente, o Brasil é o segundo maior produtor de soja do mundo
Federico Rostagno/Shutterstock
O Cerrado apresenta uma vegetação pouco exuberante, fruto da pobreza do solo


Atualmente, o Centro-Oeste brasileiro conta com 15 unidades de pesquisa da Embrapa. Com o uso de tecnologias desenvolvidas por esses centros, ocorreu uma expansão considerável na participação do Cerrado na agricultura brasileira.

Saiba mais sobre a conquista do Cerrado na matéria The Miracle of Cerrado”.



Anterior Início Próxima