Busca  
  Química   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Gás natural


Wire_man/Shutterstock
Wire_man/Shutterstock
moléculas de metano e etano

Durante muito tempo, o gás natural foi visto como produto inferior nas atividades petrolíferas. Porém, na década de 1970, ele passou a ser usado como combustível alternativo, substituindo derivados, numa tendência estimulada pelas crises internacionais. Hoje, o gás é considerado um combustível nobre, por causa das muitas vantagens diante de outros disponíveis, sejam elas econômicas, sejm elas ambientais ou de processo.

O gás natural é composto por uma mistura de hidrocarbonetos leves e estáveis (metano – 70% em volume –, etano, propano, butano e pentano). A composição do gás natural pode variar bastante, dependendo de fatores relativos ao campo em que o gás é produzido, processo de produção, condicionamento, processamento e transporte.


Origem

O acúmulo de matéria orgânica durante milhões de anos, bactérias, calor, pressão (sedimentos) e talvez outras forças naturais deram origem ao petróleo e ao gás natural. Dependendo das condições de pressão e temperatura, haverá maior quantidade de um ou de outro. O gás natural é encontrado, portanto, em jazidas na parte superior, normalmente associado ao petróleo.


Exploração


A exploração é a composta por duas fases. A primeira fase é a pesquisa, onde é verificada a existência em bacias sedimentares de rochas reservatórias (estruturas propícias ao acúmulo de petróleo e gás natural). Caso o resultado das pesquisas seja positivo, o poço é perfurado para comprovação da existência de gás natural ou petróleo em nível comercial e mapeamento do reservatório, que será colocado em produção.

As tubulações responsáveis pelo envio de gás natural das fontes produtoras até os consumidores recebem o nome de gasoduto.


Classificações


O gás natural pode ser classificado como associado e não associado. O gás natural associado é aquele que, no reservatório, encontra-se em companhia do petróleo, estando dissolvido no óleo ou sob forma de uma capa de gás. Já o gás não associado é aquele que, no reservatório, está livre do óleo ou se encontra em concentrações muito baixas.

Também podemos classificá-lo quanto à sua riqueza, que é um parâmetro importante na seleção da via tecnológica a ser utilizada em seu processamento. Essa é medida pelo conjunto de componentes do gás natural mais pesados que o etano. Se o teor de componentes pesados for superior a 8,0%, o gás é considerado rico; menor que 6,0% é considerado pobre; entre 6,0% e 8,0% é considerado de riqueza mediana.


Anterior Início Próxima