Busca  
  Ciências Naturais   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

O que é infertilidade?

Casais que não conseguem engravidar durante um ano de tentativa sem o uso de métodos anticoncepcionais, nos quais a mulher tem menos de 35 anos, são considerados inférteis ou estéreis. A infertilidade de um casal pode ser provocada por problemas vindos da mulher, do homem ou de ambos. Os problemas podem ser diversos, como baixa contagem de espermatozoides, endometriose, entre outros, ou até mesmo condições que impedem que espermatozoides e óvulos se encontrem ou que estes, depois de fecundados, implantem no útero e se desenvolvam.


Casos de infertilidade feminina


Existem muitas condições femininas muito comuns que podem acabar ocasionando a infertilidade. Muitas mulheres (entre 20 e 30%) possuem cistos nos ovários, causando a síndrome do ovário policístico. A síndrome não é grave e muitas vezes não provoca sintomas, porém os cistos podem impedir a maturação e a liberação dos óvulos e, nesse caso, a mulher fica infértil. Quando isso acontece, um tratamento pode ser iniciado com uma medicação para induzir a ovulação ou os cistos podem ser cauterizados por meio de uma pequena cirurgia (laparoscopia). Outra doença relativamente comum que também pode ser assintomática é a endometriose, que acontece quando as células do endométrio, em vez de descamarem todos os meses (menstruação), vão para outros lugares do corpo da mulher, crescendo, sangrando e inflamando outros órgãos. Se essas células se fixam nos ovários, isso pode comprometer a ovulação da mulher.

Outros motivos que podem levar a mulher à infertilidade são: problemas no funcionamento ou no formato de seu útero; diminuição ou ausência de muco no útero, que possibilita o deslocamento dos espermatozoides; problemas genéticos que dificultam a reprodução e doenças autoimunes que atacam o espermatozoide como se ele fosse um corpo estranho.


Casos de infertilidade masculina

Quando um casal é considerado infértil, normalmente a primeira medida tomada é o homem fazer um espermograma. O espermograma é um exame no qual o sêmen é coletado para que seja analisado de várias maneiras. O sêmen é avaliado quanto ao seu volume (quanto é ejaculado), pH, viscosidade e os espermatozoides são analisados quanto à sua concentração, motilidade (capacidade de se deslocar), formato e resistência. Quando é detectado que o esperma possui algum problema nos pontos analisados, o homem é diagnosticado como infértil. Além disso, por meio do espermograma, pode-se também encontrar anticorpos no sêmen, que atacam os espermatozoides como se fossem corpos estranhos, também levando a esterilidade.

A infertilidade masculina também pode apresentar causa genética ou hormonal, impedindo a produção de espermatozoides saudáveis. As causas da infertilidade masculina também podem ser secundárias, provindas de algum tipo de infecção, do abuso de substâncias como drogas, álcool ou cigarro.

korionov/Thinkstock/Getty Images
O abuso de drogas ou cigarro pode causar infertilidade masculina



Anterior Início Próxima