Busca  
  Ciências Naturais   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Mas por que tanto lixo?

shutterstock


Mesmo descartando nos locais adequados e com aterros sanitários regulares, ainda temos que lidar com o fato de que produzimos muito lixo e, mesmo bem condicionado, não desaparece de uma hora para outra. Uma embalagem de plástico demora mais de 100 anos até que seja decomposta.

Se a produção de lixo continuar crescendo dessa maneira, não teremos lugar na Terra para armazenar tantos resíduos, pois o nosso consumo é mais rápido do que a sua velocidade de decomposição.

Devemos nos perguntar:
será que é necessária a produção de tanto lixo? Uma estimativa da Organização das Nações Unidas (ONU) diz que os brasileiros são os maiores produtores de lixo eletrônico entre os países em crescimento, produzindo uma média de meio quilo de e-lixo por ano para cada pessoa.

A reciclagem e o reaproveitamento do lixo são pontos muito importantes para a sua diminuição, porém, devemos também pensar em reduzir a quantidade que produzimos.

Para essa redução acontecer, temos que diminuir o consumo de coisas supérfluas. Por exemplo: na hora de trocar um celular ou um computador, pense se você realmente precisa trocá-lo.

Na hora de comprar comida, evite desperdícios e tente optar por produtos que utilizem menos embalagens.

Prefira copos, canecas, garrafas e sacolas reutilizáveis em vez de descartáveis. Tente consumir menos e reaproveitar mais – o planeta agradece!



Anterior Início