Busca  
  Genética e evolução   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Mais de uma característica combinadas

Mendel, ao estudar as ervilhas, não analisou apenas a sua cor, aproveitando também para estudar a transmissão das demais características das ervilhas e como elas são combinadas entre si. Para entender essa relação de mais de uma característica combinada, Mendel fez experimentos com as mesmas ervilhas, porém levando em consideração a cor (amarelas e verdes) e o formato (lisas e rugosas).

O monge logo percebeu que as ervilhas lisas e amarelas eram as dominantes ao cruzar uma variedade pura (homozigótica) de ervilhas lisas e amarelas com ervilhas rugosas e verdes e obter na F1 apenas ervilhas lisas e amarelas.

Repetindo o feito das primeiras experiências, Mendel realizou a autofecundação das ervilhas obtidas na geração F1. A geração F2 foi composta de ervilhas amarelas e lisas, amarelas e rugosas, verdes e lisas e verdes e rugosas, em uma proporção de 9:3:3:1. Mendel concluiu que essa proporção é resultado da segregação independente de seres duplo heterozigotos.

Considerando novamente o alelo V para ervilhas amarelas e v para as verdes e R para as ervilhas lisas e r para as rugosas, veja os cruzamentos abaixo.

Amarela lisa (VVRR) x verde rugosa (vvrr)


VR
VR
vr
VvRr
VvRr
vr
VvRrVvRr
Geração F1


Amarela lisa (VvRr) x amarela lisa (VvRr)


VR
Vr
vR
vr
VR
VVRR
VVRr
VvRR
VvRr
Vr
VVRr
VVrr
VvRr
Vvrr
vR
VvRR
VvRr
vvRR
vvRr
vr
VvRr
Vvrr
vvRr
vvrr
Geração F2

Amarelas lisas – VVRR, VVRr, VvRR, VvRr;

Amarelas rugosas – VVrr, Vvrr;

Verde lisa – vvRR, vvRr;

Verde rugosa – vvrr.


O padrão de distribuição dos caracteres se mantinha o mesmo se Mendel estudasse mais de duas características combinadas. Por exemplo, levando em consideração a cor, formato e a cor da casca da semente e cruzando indivíduos heterozigóticos, obtinha-se na F2 a proporção 27:9:9:9:3:3:3:1.



Anterior Início Próxima