Busca  
  Ciências Naturais   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Por que temos sangue?

Blamb/Shutterstock
Esquema mostrando artéria em vermelho e veia em azul. Quando esses vasos se ramificam, dão origem aos capilares, que unem as artérias com as veias


Os animais pluricelulares precisam de alguma forma para que suas células recebam nutrientes e oxigênio, além de eliminar gás carbônico e outras toxinas.

Para todas essas funções, os animais possuem um líquido circulando em seu corpo, e esse líquido pode ser o sangue (nos animais que possuem circulação fechada) ou a hemolinfa (nos que possuem circulação aberta).

Além de transportar gases e nutrientes, o sistema circulatório atua também transportando hormônios, células do sistema imune e até medicamentos.

Existem animais mais simples, como os cnidários e os poríferos, que conseguem fazer essa troca de gases e absorção de nutrientes diretamente com o meio. Mas para os animais mais complexos, essa troca só é possível com o sistema circulatório.

O sistema circulatório


Esse sistema é composto principalmente por três estruturas: o sangue (ou a hemolinfa), os vasos e o coração.

O sistema circulatório pode ser do tipo aberto ou fechado. A principal diferença entre eles é a estrutura de vasos sanguíneos.

No sistema aberto, onde o líquido é denominado hemolinfa, ele circula por vasos até chegar em lacunas chamadas de hemocelas.

Já nos sistemas fechados, o sangue circula apenas em vasos, que podem ser artérias, veias ou capilares.

A diferença entre artérias, veias e capilares é que as artérias saem do coração, as veias chegam ao coração, e os capilares são vasos muito pequenos, resultado de sua ramificação, unindo veias às artérias.




Anterior Início Próxima