Busca  
  Ciências Naturais   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

A respiração em outros animais

James Michael Dorsey/Shutterstock
As aves realizam respiração pulmonar e possuem sacos aéreos anexos aos pulmões


Todo
s os seres vivos que respiram são chamados de seres aeróbios. Porém, nem todos eles respiram da mesma maneira e, portanto, nem todos possuem pulmão.

Nos seres unicelulares, como protozoários, a respiração é uma troca gasosa simples, feita através da membrana da célula, sem nenhuma estrutura especial para esse processo.

Existem animais que respiram pela pele, como os anelídeos (minhocas) e anfíbios. Esste tipo de respiração é denominada respiração cutânea e para ela acontecer, o animal tem que viver em ambientes úmidos, pois a pele umedecida facilita a respiração.

Os anfíbios possuem respiração cutânea e também apresentam pulmão. Os dois tipos de respiração atuam em conjunto, para se complementarem.


Os animais que vivem na água, seja ela de rios ou do mar, respiram por estruturas especializadas chamadas brânquias. Estas brânquias são normalmente constituídas por dobras e filamentos com muita irrigação sanguínea.

Quando a água passa por essas dobras, o sangue que está circulando por lá consegue ‘sequestrar’ o oxigênio dissolvido na água. Tal respiração é conhecida como branquial e está presente em peixes, crustáceos, moluscos e outros animais aquáticos.

Os insetos têm uma estratégia bem interessante para respirar. Eles possuem pequenos furos que saem em tubos, levando o ar para o interior de seus corpos e aí, o oxigênio penetra diretamente nas células.

Muitos animais terrestres e principalmente os vertebrados possuem um órgão específico para a respiração: o pulmão. Nesses animais, a respiração é chamada de respiração pulmonar. Dependendo do animal, o pulmão pode ser mais simples ou ter anexos diferentes.

As aves, por exemplo, possuem os chamados sacos aéreos junto de seus pulmões. Eles, além de auxiliarem na respiração, também contribuem para que a ave fique mais leve e consiga sustentar seu voo.

As plantas também respiram?

Ed Reschke/Getty Images
Estômatos, estruturas responsáveis pelas trocas gasosas nas plantas


Sabe-se que as plantas são organismos fotossintéticos, que absorvem gás carbônico do ambiente para produzir alimento e liberar oxigênio, quase como um processo contrário da fotossíntese.

Mas mesmo com a fotossíntese, a planta precisa respirar para viver?

A resposta é sim, as plantas precisam respirar para viver, então mesmo com a realização da fotossíntese, elas também respiram como nós. As plantas apresentam estruturas especializadas para trocas gasosas chamadas estômatos.

Eles estão situados nas folhas das plantas e é por lá que a respiração acontece.

Todos os seres vivos respiram, pois é assim que é obtida a energia necessária para manter-se vivo. No entanto, existem seres vivos que não dependem do oxigênio para viver. Estes são os seres anaeróbios, que também fazem reações para a produção de energia utilizando outras substâncias, como sulfato ou nitrato. 




Anterior Início