Busca  
  Ciências Naturais   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Os hormônios em outros animais

Dr. Morley Read/Shutterstock
A mudança de exoesqueleto nos insetos é regulada por hormônios


As glândulas e o sistema endócrino não estão presentes apenas nos humanos; todos os vertebrados os possuem com algumas diferenças. Por exemplo, hormônios que estimulam a amamentação estão presentes apenas nos mamíferos por serem o único grupo de vertebrados que apresenta esse atributo.

Os animais invertebrados também produzem hormônios, apesar de não possuírem um sistema organizado. Alguns animais possuem hormônios para o crescimento e para a reprodução, seja ela sexuada, seja assexuada. A troca de esqueleto externo dos insetos também é regulada por hormônios.

Os animais também produzem substâncias chamadas de feromônios. Os feromônios desempenham função de comunicação entre os animais e principalmente de atração sexual. Os feromônios, diferentemente dos hormônios, são liberados para a parte externa do corpo e atuam em diferentes indivíduos. 


Hormônios anabolizantes

Não é de hoje que os humanos utilizam os hormônios para outros propósitos. Durante a Segunda Guerra Mundial, os alemães utilizavam testosterona (hormônio masculino) nos soldados para aumentar sua força e agressividade. Depois disso, na União Soviética, muitos atletas começaram a usar esses hormônios para melhorar seu desempenho. Hoje se sabe que o uso de hormônios anabolizantes para ganhar massa traz sérios riscos para a saúde. Os anabolizantes podem trazer distúrbios para o comportamento, problemas no sistema endócrino, no coração, no fígado e até nos próprios músculos e ossos.

Existem muitos tipos de anabolizantes, mas a maioria imita os hormônios sexuais masculinos. Quando o hormônio anabolizante entra no organismo de uma pessoa, ele faz com que os músculos consigam se recuperar rapidamente após o exercício, repondo as células que foram ‘machucadas’ na musculação, além de repor energia e fazer com que o músculo retenha mais água, inchando. Por isso, os músculos crescem mais, em comparação a uma pessoa que faz musculação regularmente sem anabolizantes. Muitas pessoas que querem aumentar a massa muscular também tomam o hormônio responsável pelo nosso crescimento, o GH.

Hormônios podem ser indicados por um médico em casos específicos – por exemplo, quando a pessoa apresenta problemas na tireoide ou quando a mulher está em menopausa e não produz mais hormônios sexuais femininos em abundância.




Anterior Início