Busca  
  Química   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Leis da radioatividade

1ª lei: Soddy

Quando um átomo radioativo instável emite uma partícula α, ele origina um novo elemento que apresenta número de massa (A) com 4 unidades a menos e número atômico (Z) com 2 unidades a menos.


Exemplo:


2ª lei: Soddy, Fajans e Russel

Quando um átomo radioativo instável emite uma partícula β, ele origina um novo elemento com o mesmo número de massa, porém o número atômico terá uma unidade a mais.



Exemplo:


Séries radioativas

Existem na natureza apenas três grandes séries de desintegrações (transformações) sucessivas. Essas séries são encabeçadas pelo urânio 238 (238U), urânio 235 (235U) e por tório 232 (232Th). Cada um desses elementos emite sucessivamente α, β e/ou γ, formando compostos intermediários radioativos com núcleos mais “organizados”, e terminam suas séries tornando-se isótopos estáveis do chumbo (206Pb, 207Pb e 208Pb, respectivamente).

http://www.cnen.gov.br



As transformações sofridas por cada elemento químico radioativo são chamadas de reações de transmutações. Quando estas ocorrem pela emissão de partículas, são chamadas de transmutações naturais, porém, quando núcleos estáveis são bombardeados com partículas, chamamos de transmutações artificiais.



Anterior Início Próxima