Busca  
  Era Contemporânea   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Aprofundamento revolucionário

Loke Yek Mang/shutterstock.com
Após consolidar a Revolução, Cuba passa a apoiar novos levantes em outros países

Superada a crise dos mísseis, o regime cubano foi lentamente se fechando. Com o aprofundamento revolucionário, realizou expulsões de membros do Partido Comunista, efetuou uma nova reforma agrária e estimulou a mecanização agrícola e a industrialização. Na política externa, com o objetivo inicial de criar "novos Vietnãs", Cuba colaborou com a luta pela libertação de Angola e da Etiópia, enviando guerrilheiros e treinando exércitos revolucionários. A Organização Latinoamericana de Solidariedade (OLAS) foi criada em 1967 para auxiliar os movimentos revolucionários, como a Revolução Sandinista e as lutas populares em El Salvador e na Guatemala.

Apesar de nunca ter ocupado nenhum cargo relacionado à política externa cubana, Ernesto Che Guevara personificou esse ideal de expandir e internacionalizar a revolução. Em 1962, viajou para diversos países propagando os ideais revolucionários. Contudo, a partir de 1965, após divergências de interesses e métodos políticos com a URSS, abandonou seu cargo de ministro das indústrias de Cuba e entregou-se à luta revolucionária em outras nações.




Anterior Início Próxima