Busca  
  Era Contemporânea   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

A renúncia de Fidel e a transição política

 
Após 49 anos de governo, Fidel Castro, devido a problemas de saúde, renunciou ao cargo de presidente de Cuba no dia 19 de fevereiro de 2008. Após sua renúncia, o cargo máximo do Estado Cubano foi ocupado por Raul Castro, irmão de Fidel.
  
Raul Castro deu início a um governo de transição política, que se concretizará ao fim de seu segundo mandato, em 2018, quando ele sairá do poder. Sua pretensão é a de aprovar uma alteração na constituição que não permitirá mais do que dois mandatos a um presidente.



Anterior Início