Busca  
  Ciências Naturais   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Etnobotânica: plantas e sociedade

chevanon/Shutterstock
Pescadores possuem conhecimento sobre plantas costeiras de ecossistemas que estão ameaçados


Quando estudamos o conhecimento popular de qualquer sociedade a respeito da Biologia, chamamos essa disciplina de Etnobiologia. A Etnobiologia engloba o estudo de crenças e conceitos desenvolvidos sobre seres vivos, bem como a adaptação do homem a determinados ambientes.

Tais estudos são importantes para a inclusão do saber local nos estudos acadêmicos e também em projetos de manejo dos recursos naturais. Populações tradicionais como os indígenas e caiçaras detêm uma grande quantidade de conhecimentos práticos sobre a fauna e flora, que até os pesquisadores mais graduados desconhecem.

Dentro da Etnobiologia temos várias ramificações, como Etnozoologia, Etnoecologia e Etnobotânica. Esta última estuda as interações das sociedades humanas passadas e presentes com as plantas. Por exemplo, um levantamento das plantas existentes em uma área indígena ou a coleta de informações sobre as plantas junto à população nativa, como sua nomenclatura na língua daquela comunidade ou o uso e significado das plantas para essas populações.

As pesquisas na área da Etnobotânica são muito úteis, pois empregam o conhecimento tradicional das populações para solucionar problemas e manter a conservação.

O Brasil possui a flora mais rica do planeta; no entanto, mais de 90% dessas espécies são desconhecidas quimicamente, ou seja, não se sabe se elas apresentam alguma aplicação médica.

Estudos de etnobotânica são ainda mais importantes na zona costeira, pois os ecossistemas da região (manguezais e restinga, por exemplo) estão sofrendo intensamente com o impacto ambiental negativo causado pela ocupação urbana em massa.

Os pescadores, por exemplo, possuem uma cultura tradicional de forte ligação com a natureza, cultura esta que deve ser estudada, protegida e passada adiante. O mesmo acontece com os indígenas: sua cultura precisa ser valorizada e protegida, e estudos na área de Etnobotânica (e Etnobiologia em geral) podem ajudar nesse sentido.


Anterior Início Próxima