Busca  
  História regional   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Portugal e a tentativa de recolonizar o Brasil

Biblioteca do Parlamento Portugues
Reunião das Cortes Gerais de Portugal, 1822

O Brasil, com a chegada da Família Real em 1808, adquiriu grande autonomia política e econômica. Em 1821, ocorreu a Revolução do Porto, na qual os portugueses, influenciados por ideais liberais, reivindicaram o retorno da Família Real para reconstruir o país econômica e politicamente, após a luta contra Napoleão Bonaparte.

Contudo, a Revolução do Porto possuía uma ambiguidade: ao mesmo tempo em que condenava o Absolutismo monárquico, defendia a restauração do Pacto Colonial. Para organizar essa nova situação, organizou-se a reunião das Cortes do império colonial português, com o objetivo de aprovar uma nova constituição e reorganizar as relações entre Portugal e suas colônias. Dentre as principais medidas discutidas no Brasil estava o retorno ou não de D. João VI  à Portugal, pois temia-se uma possível recolonização do Brasil.

Nesse cenário é que se inicia a construção da Independência brasileira. Contudo, diferentemente do que se costuma explicar, a Independência brasileira não foi pacífica. Pelo contrário, violentos conflitos ocorreram, principalmente no Sul e no Nordestedo país, com destaque para Bahia.

Anterior Início Próxima