Busca  
  Arte   
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.  

Os materiais

A tinta

A aquarela é feita com pigmentos de origem vegetal, mineral ou animal, misturados com água, goma arábica e algum conservante. Pode ser encontrada em pastilhas ou em tubos. As pastilhas são pedaços de tinta concentrada e seca, que devem ser umedecidos com água e amolecidos antes de serem usados. Quando adquirida em tubo, a tinta também precisa ser diluída em água na proporção desejada, para dar mais ou menos transparência ao trabalho. Alguns estojos apresentam uma enorme variedade de cores. Apesar disso, saiba que para um belo trabalho de aquarela não é preciso tanto: com apenas três cores você pode fazer uma pintura cheia de detalhes. Também é possível produzir uma aquarela usando apenas uma cor. São as chamadas aguadas monocromáticas, camadas de tinta de uma mesma cor sobrepostas. Elas costumam dar um belo jogo de claro e escuro à pintura.

Clique para assitir a um vídeo com pinturas aquareladas do mestre Jon J. Muth. Repare que, em seus trabalhos, Muth prefere utilizar tons mais frios, usando as cores mais quentes somente quando são extremamente necessárias.

Aguadas e sobreposições
Fique ligado!
Uma dica preciosa para quem está se iniciando na técnica da aquarela é começar pintando com as cores mais claras e luminosas, como o amarelo ou o verde-claro, e ir aos poucos acrescentando camadas de cores mais escuras.


A principal característica da aquarela é sua transparência. Quanto mais água colocamos na tinta, mais diluída e clara ela fica. Assim, é possível trabalhar com sobreposição de camadas. É chamada tecnicamente de veladura. Veja algumas dicas:
  • Pinte com uma primeira cor e espere que seque. Na segunda camada, você pode usar a mesma cor, escurecendo algumas áreas, ou trabalhar com outra tonalidade, fazendo com que apareça uma terceira cor nas áreas onde as duas camadas se sobrepõem.

  • É importante ter como norma que o branco do papel representa a luz. Como cada camada de pintura diminui um pouco mais a luminosidade da imagem, é preciso preservar áreas brancas para que o trabalho "respire" luz.
Clique para assistir a Alex Ross em ação, um aquarelista especializado em Comix e HQs. Note que Ross trabalha as cores mais puras e tonalidades mais fortes. Acesse o site oficial do artista.

Papéis e pincéis


Para fazer uma pintura, você pode usar papéis com texturas variadas. De modo geral, o bom papel para aquarela é aquele rugoso e absorvente, que não deixa o excesso de água escorrer. O pincel para aquarela deve ter cerdas macias. O mais indicado é feito com pelo de marta (um animal originário da Rússia e da China), mas, por ser muito caro, pode ser substituído por outro de cerdas naturais ou mesmo artificiais. Para fazer uma aquarela, são necessários dois pincéis: um mais largo, para umedecer o papel e pintar fundos de paisagem; e um mais fino, para poder fazer os detalhes.
 


Anterior Início Próxima