Busca  
  Arte   
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.  

Mãos à obra

Existem duas formas distintas de trabalhar a aquarela: pintando sobre o papel seco ou sobre o papel molhado. Para as duas maneiras, o material necessário é o mesmo:
Fique Ligado!

Não se esqueça de deixar algumas áreas com cores mais claras. Elas são o "respiradouro" do desenho.
  • um copo com água;
  • uma esponja;
  • um pano seco;
  • pincéis;
  • tintas.


Prepare pelo menos três diluições diferentes de cada cor que você for usar. Comece, por exemplo, com amarelo, azul e vermelho. Chamadas cores primárias.

Com o papel seco

1. Primeiro decida o que vai ser pintado; por exemplo, uma natureza-morta: um buquê de flores num vaso ou uma jarra e um copo, lado a lado, sobre a mesa.

2. Faça o fundo do desenho. Para isso, escolha uma cor e use o pincel mais grosso para fazer as aguadas.

3. Espere secar e só depois passe para a próxima cor, fazendo a sobreposição de tons.

4. Também é possível pintar com outra cor as áreas que ainda estejam secas, mas tome cuidado: as superfícies molhadas não devem se encontrar para não borrar!

5. Quando o papel secar, use o pincel fino para fazer detalhes, como contornos ou objetos pequenos.

Com o papel molhado

1. Neste caso, o trabalho é oposto. Molhe a esponja no pote de água e esprema para tirar o excesso de líquido. Umedeça o papel.

2. Quando a folha estiver bem úmida, faça três pinceladas, uma de cada cor.

3. Com base nessas manchas, comece a trabalhar as outras cores que aparecerão dessa fusão.

4. Logo será possível fazer uma paisagem imaginária. Acrescente detalhes que podem realçá-la e deixe secar.

Assista ao clipe da música Aquarela, composição e voz de Toquinho. Repare que as pinturas das ilustrações exibidas fazem uma simulação digital de pinturas aquareladas.


Anterior Início