Busca  
  Arte   
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.  

Inventor da photographie

A primeira fotografia

Seis anos antes de a invenção de Daguerre vir a público, Antoine Hercules Romuald Florence, um francês de Nice que residia na Vila de São Carlos, atual Campinas (São Paulo), já havia inventado a photographie, termo utilizado por ele para definir o processo fotográfico.

Totalmente isolado da Europa, Florence não tinha conhecimento das experiências que seus contemporâneos europeus, Niépce, Daguerre e Talbot, estavam realizando. O jovem que se tornaria futuro inventor chegou ao Brasil em 1824. Trabalhou durante um ano em uma loja comercial no Rio de Janeiro e, depois, em uma livraria.

Em 1825, foi contratado pelo barão de Langsdorff, um naturalista russo, para participar como desenhista de uma expedição científica à Amazônia. O espírito prático e inventivo do jovem artista levou-o a desempenhar tarefas de grande apoio nos quatros em que participou. A expedição percorreu o que vem a ser, atualmente, o Estado de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Amazonas e Pará.

Hercules Florence

Cópias fotográficas

Quando a expedição terminou, em 1829, Florence decidiu fixar-se em São Carlos, onde começou a pesquisar um meio de reproduzir imagens utilizando a luz do sol, processo que ele chamou de photographie.

Em 1833, Florence conseguiu fazer a primeira foto, usando uma câmera escura construída com uma caixa de papelão, uma paleta de pintor e uma lente. Dentro da caixa, o inventor colocou um papel embebido em nitrato de prata e, durante quatro horas, deixou-o exposto à ação da luz que entrava por uma janela.

A câmera captou a imagem do teto da casa do outro lado da rua e de parte do céu. Assim surgia a primeira imagem negativa-positiva da história da fotografia no Brasil.

O dispositivo inventado por Florence é muito semelhante aos métodos atuais: além de utilizar o nitrato de prata para fixar a imagem (e não o iodeto empregado por Daguerre), ele produziu um negativo, por meio do qual podiam ser feitas cópias positivas pelo processo de contato.

Em 1833 Florence aprimora seu invento e passa a fotografar com chapa de vidro e papel pré-sensibilizado para contato. Foi o primeiro a usar a técnica "negativo-positivo" empregada até hoje.

O resultado de sua invenção foi uma fotografia exata e que podia ser reproduzida. Em 1840, eram feitas as primeiras fotos da Família Real e do Palácio de São Cristóvão, no Rio de Janeiro.

 
Você sabia?
A palavra fotografia, que vem do grego (photos + graphein), significa "a grafia da luz". Ela foi usada pela primeira vez, em 1829, nos diários de Hercule Florence. Mas antes que suas anotações fossem encontradas, acreditava-se que o inventor da palavra fosse o químico inglês John Herschel, que a usou em trabalhos datados de 1839.



Anterior Início