Busca  
  Ciências Naturais   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

A chegada dos novos moradores

Depois que tudo estiver pronto, você pode escolher os peixinhos que achar mais bonitos e colocá-los no aquário.

Depois que as plantas estiverem se desenvolvendo bem, você pode escolher as primeiras espécies de peixe que povoarão o aquário


Processo demorado

Como você deve ter percebido, é impossível montar um aquário de um dia para o outro. São necessárias várias semanas ou até meses de cuidados antes de colocar os primeiros peixinhos para morar no novo ambiente. Afinal, você precisa reproduzir o meio em que eles viviam, lá na natureza. É um trabalho demorado, mas que vale a pena. Agora você já está com tudo pronto: filtros funcionando, pH controlado, temperatura amena e estável. Por várias semanas as plantinhas cresceram e criaram raízes. Estão bonitas e saudáveis. A água esteve turva por alguns dias — não se preocupe, é normal. Mas agora está límpida e cristalina. Vamos aos peixes?

Convivência pacífica

O beta é bonito e colorido, mas não pode conviver com outro da mesma espécie
Antes de sair por aí comprando um monte de peixinhos diferentes, pare e pense: será que eles vão se dar bem no mesmo espaço? Ou vão matar e devorar uns aos outros? E esse peixinho tão bonitinho que está na loja, será que não vai virar um peixão? Será que depois de adulto ele vai ter espaço no aquário? Para evitar problemas no futuro, tome alguns cuidados na hora de escolher os moradores do seu aquário:

1) Pergunte ao vendedor quais espécies podem viver juntas.
2) Diga qual o tamanho do seu aquário e informe-se sobre quantos peixes cabem lá.
3) Assegure-se de que o peixe, depois de adulto, é compatível com o espaço no seu aquário.


Quarentena

Os lebistes apresentam várias cores e se reproduzem com facilidade no aquário
Agor
a que o aquário está quase pronto, uma das piores coisas que podem acontecer é você colocar um peixe doente lá dentro. Além de ser difícil tratar um peixe doente em um aquário grande, ele pode transmitir a doença para os que já estão lá e para os que ainda vão chegar. Por isso, antes de os peixes morarem definitivamente no aquário, eles devem ficar um período em "quarentena". Para isso, é só deixá-los por 21 dias sozinhos em um recipiente pequeno — não esqueça de alimentá-los! Se depois desse tempo eles ainda estiverem com aparência saudável, podem ser transferidos para o aquário.


Alimentação

A ração para peixes é vendida em flocos. Duas vezes por dia, ofereça uma pitada da comida a seus peixinhos. Mas cuidado com o excesso! É preciso dar só um pouco, para que eles comam tudo. Se ficarem restos de comida boiando na água, eles podem apodrecer e desequilibrar o pH (olha ele aí novamente!). Uma ou duas vezes por semana, compre branchonetas ou ‘artêmias de água doce’ — comida viva à base de microcrustáceos.  É uma ótima fonte de proteína para os peixes.


Anterior Início Próxima