Busca  
  Ciências Naturais   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Pesquisas genéticas

Como o Brasil está conseguindo trazer de volta os seus cientistas?
 
Repatriados

Inaugurado em setembro de 2000, o Centro de Estudos do Genoma Humano (CEGH), da Universidade de São Paulo, já é considerado o maior centro de pesquisas genéticas da América Latina e referência em pesquisas de células-tronco. Graças a isso, está conseguindo uma proeza que para muitos parecia impossível: não só repatriar pesquisadores brasileiros que foram estudar no exterior — e que muitas vezes preferiam continuar por lá —, como também atrair cientistas estrangeiros.
 
Investimentos

O CEGH é resultado de uma política de investimentos em pesquisas genéticas da Universidade de São Paulo (USP) e especialmente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) que, há três anos, escolheu a área como prioritária. Graças a esse empenho, São Paulo conta atualmente com vários laboratórios de sequenciamento genético e com muitos pesquisadores que desenvolvem projetos de iniciação científica com os alunos de graduação, pesquisas de mestrado, doutorado e pós-doutorado.



Anterior Início Próxima