Busca  
  Corpo humano   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Cocaína e crack

Origem

A cocaína é uma substância natural, extraída das folhas de uma planta encontrada na América do Sul, a Erythroxylon coca, ou simplesmente coca. É conhecida entre os índios brasileiros como epadu.

 
Na forma de sal (cloridrato de cocaína), a droga pode ser aspirada e chega ao cérebro em menos de 15 minutos
Formas de consumo
 
  • Em forma de sal (cloridrato de cocaína), a droga é conhecida como cocaína e pode ser aspirada. Solúvel em água, esse sal também pode ser injetado na veia.

  • Quando a pasta de coca é misturada com diferentes substâncias químicas e aquecida, parte dessa mistura se solidifica e forma pedras. Com esse processo, pode se obter o crack, a merla e o oxi, que são fumados.
 
Como age
 
Independentemente da maneira como é consumida, quando a cocaína chega ao cérebro impede que a dopamina liberada pelos neurônios seja reabsorvida depois de usada para transmitir os impulsos nervosos. Com isso, acumula-se uma grande quantidade de dopamina no espaço sináptico, o que potencializa as sensações de prazer que esse neurotransmissor causa. Quando aspirada ou injetada, a cocaína chega ao cérebro em um tempo que varia de 10 a 15 minutos e seu efeito dura cerca de meia hora. Fumada, a droga chega ao cérebro em menos de 10 segundos e seu efeito dura apenas 5 minutos.
 

Efeitos físicos
 
Aos poucos o organismo se acostuma com o excesso de dopamina, tornando-se menos sensível aos seus efeitos. Sem a droga, as quantidades do neurotransmissor não são mais suficientes para produzir os efeitos esperados, o que causa depressão e frequentemente leva à dependência. Por estimular o sistema nervoso autônomo simpático, o usuário tem frequentes taquicardias, o que pode evoluir para um problema cardíaco sério com o uso contínuo da droga.
 

Efeitos psíquicos
 
A sensação de prazer descrita por usuários de cocaína é tão grande que, ao passar, surge a necessidade de experimentá-la novamente. Isso causa uma compulsão incontrolável, o que também facilita a dependência. Durante o uso da droga, a pessoa fica hiperativa, sem sono ou cansaço e tem a fome reduzida. A cocaína pode causar comportamentos violentos e paranoicos, mais frequentes quando a droga é consumida em excesso.


Anterior Início Próxima