Busca  
  Ciências Naturais   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Bom apetite!

O champignon é um fungo usado em muitos pratos saborosos
De forma direta ou indireta, muitos fungos estão presentes em nossa alimentação. Os cogumelos comestíveis, por exemplo, fazem parte do cardápio de muitos países. O mais conhecido deles é o champignon. Outros dois, o shiitake e o shimeji, de aparência mais escura, são bastante usados na culinária japonesa. Existem, no entanto, cogumelos que produzem toxinas que causam sérias intoxicações e são venenosos. É preciso muito cuidado com eles. Não existe nenhum método infalível para reconhecer se um cogumelo é comestível ou venenoso.

Queijos e pães

Alguns queijos também são feitos com o auxílio desses pequenos seres vivos. O gorgonzola e o roquefort, queijos de cheiro muito forte, têm várias 'manchas' verdes, que são os fungos usados na fabricação. O queijo camembert, vendido em lata ou embalado em pequenas caixas, possui uma 'capa' branca, resultado da ação dos fungos também. Para fazer pão, dependemos dos levedos, os mesmos usados na fabricação da cerveja e do vinho. Para ver a ação dos levedos basta, por exemplo, fazer uma receita de pão utilizando o fermento biológico. Cada tablete de fermento contém milhões de levedos. Ao serem misturados à massa, os levedos utilizam os açúcares para produzir energia, e nesse processo liberam gás carbônico, fazendo a massa crescer (fermentação alcoólica). Por isso o pão fica com consistência 'fofinha'. O álcool, que também é produzido durante a fermentação, é evaporado enquanto o pão assa, por isso que os pães não são proibidos para menores de idade!

Fique ligado!
Muitos acreditam que para saber se um cogumelo é perigoso ou não, basta cozinhá-lo com uma aliança de ouro ou uma moeda de prata. Se o metal escurecer é porque o cogumelo é venenoso. Essa crença é totalmente falsa, pois o metal pode escurecer com qualquer cogumelo que solta uma substância chamada ácido sulfídrico como produto secundário de sua fermentação (processo no qual o fungo obtém energia). A reação poderia servir de alerta para que não se consuma um alimento estragado em alguns casos, mas não impediria que um cogumelo altamente venenoso, em bom estado, fosse consumido.

 


Anterior Início Próxima