Busca  
  Animais invertebrados   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Algumas participações dos insetos na vida do homem

A beleza das borboletas deve-se ao agrupamento de escamas coloridas das suas quatro asas, que se combinam para formar desenhos espetaculares
• Transmissão de doenças como vetores: barbeiro (Triatoma infestans) - doença de Chagas; pernilongos do gênero Anopheles - malária; mosquito-palha, gênero Lutzomyia ou Phlebotomus - leishmaniose; pernilongo do gênero Aedes - dengue; mosca 'tsé-tsé' (Glossina palpalis) - doença do sono; piolho humano (gênero Pediculus).

• Transmissão de doenças para animais domésticos (como vaca, cavalo, entre outros).

• Ataques às plantações: lagartas, pulgões, formigas e outras pragas.

• Destruição de casas e móveis: cupins (insetos sociais).

• Produção do fio da seda: bicho-da-seda (mariposa Bombyx mori).

• Uso em experiências genéticas com drosófilas, mais conhecidas como 'mosca da fruta' ou 'mosca do vinagre.

• Polinização das plantas (entomofilia): abelhas.

• Produção de mel: abelhas.

 
Os crustáceos
Os crustáceos são em sua maioria animais aquáticos que vivem em águas doces ou salgadas. Possuem na cabeça dois pares de antenas (geralmente muito compridas) e cinco pares de pernas no tórax. O abdome pode ser alongado, como o dos camarões, ou mais reduzido e dobrado debaixo do tórax, como o dos caranguejos. Estes últimos caminham pelo fundo do mar e por costões rochosos na praia, enquanto outros crustáceos, como os camarões-rosa, são nadadores e podem percorrer grandes distâncias.
 
 
 
Nos crustáceos, o tórax incorpora-se à cabeça, formando o cefalotórax. O restante do corpo dos crustáceos pode apresentar articulações ou pares de apêndices, como nas lagostas.
 
 
Para lembrar:
Os crustáceos têm enorme importância econômica como alimento para o homem (camarões, lagostas, lagostins, siris e caranguejos, entre outros).



Anterior Início