Busca  
  Animais invertebrados   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Cultivo e nutrição

Os mexilhões são moluscos bivalves da família Mytilidae. No Brasil eles são conhecidos por diversos nomes populares: marisco, marisco preto, marisco da pedra, sururu, bacucu e ostra-de-pobre.

Esses animais são muito abundantes em nosso litoral e vivem fixos aos costões rochosos – na região de variação das marés –, formando densas populações. O cultivo de mexilhão é conhecido como mitilicultura. Teve início em 1235, na França, tendo se tornado uma atividade econômica importante a partir de 1940 em vários países da Europa, como Espanha e França.
 
 
As vantagens do cultivo do mexilhão: baixo custo na implantação e retorno rápido do investimento; produção programável — o produtor tem conhecimento do que vai produzir e comercializar; a obrigatoriedade de uma excelente qualidade da água para os cultivos (isenta de poluentes) desperta nas comunidades produtoras a conscientização de preservação ambiental; a barneyprodução de pérolas pelos bivalves e a enorme importância econômica dos gastrópodos (escargot) e cefalópodos (polvos e lulas), vendidos como iguaria no mercado nacional e internacional.



Anterior Início