Busca  
  Animais vertebrados   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Características

A alimentação

Os mamíferos apresentam alimentação variada, de acordo com cada grupo. Alguns se alimentam de frutas, especialmente os que vivem nos trópicos, como os macacos. Alguns nutrem-se de sangue (como alguns morcegos). Muitos alimentam-se de carne e, por isso, precisam desenvolver estratégias de caça, como os felinos (leões e gatos). Outros animais comem carniça, como as hienas que aproveitam os restos deixados pelos predadores. A maioria dos mamíferos é onívora, ou seja, consome alimentos animais e vegetais.

 
Os roedores (ratos, camundongos e esquilos) têm dentes incisivos com função específica de roer. Alimentam-se de sementes e outros vegetais.
 
O aparelho respiratório
Clique a imagem para ver a anatomia de um mamífero

Os mamíferos respiram pelos pulmões. Seu aparelho respiratório é formado pela traqueia, um conduto cilíndrico em que uma das extremidades está ligada à laringe e a outra está dividida em dois brônquios, cada um indo para um pulmão. Cada brônquio ramifica-se em muitos bronquíolos, condutos que se dividem em outros de diâmetro cada vez menor. Os bronquíolos desembocam nos alvéolos pulmonares, que são pequenas bolsas onde ocorrem as trocas sanguíneas de oxigênio e dióxido de carbono com o sangue.
 
Sistema nervoso

O cérebro dos mamíferos possui muitas circunvoluções ou dobras, que aumentam a superfície do órgão e o número de células nervosas. Por essa razão, os mamíferos desenvolveram um comportamento complexo, que pode ser percebido em atitudes como as estratégias de caça, o cuidado com os filhotes, a adaptação a qualquer ambiente e os diferentes sistemas de comunicação estabelecidos entre os indivíduos da mesma espécie.
 
Os mamíferos apresentam um sistema nervoso muito desenvolvido e um grande número de células nervosas.
 
 


Anterior Início Próxima