Busca  
  Corpo humano   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

As contrações musculares

Assim como as células nervosas, as células musculares são excitáveis. A excitação das fibras musculares é gerada a partir das sinapses neuromusculares que se estabelecem entre uma célula nervosa e uma célula muscular. As extremidades das fibras nervosas são muito ramificadas e a região em que elas entram em contato com o músculo é chamada de sinapse neuromuscular.
Clique na figura e veja a composição de um músculo

Para lembrar:
O processo de contração de um músculo é o seguinte: o nervo motor excita o músculo provocando sua contração. Em outras palavras, as terminações nervosas do nervo excitam as fibras musculares (células que em conjunto formam o músculo), resultando no movimento muscular.

As fibras musculares

 
Os músculos esqueléticos têm a forma de um fuso com tendões rígidos nas extremidades. Esse fuso é formado por inúmeros feixes ou fascículos, cada um deles constituído por fibras musculares, que são as unidades anatômicas dos músculos. As fibras musculares são células que, ao microscópio, parecem estriadas. Cada fibra muscular estriada é constituída por inúmeras miofibrilas.

Cada miofibrila apresenta a mesma estrutura, que se repete ao longo de sua extensão, chamada sarcômero. É exatamente essa repetição que confere aos músculos sua aparência estriada. Cada sarcômero é formado por filamentos de proteínas estruturais (actina e miosina) que se sobrepõem.


A energia muscular
 
Qualquer esforço muscular provoca consumo de energia. Essa energia, utilizada por todas as células musculares, é obtida a partir do ATP, produzido pela respiração celular.


A fadiga muscular

 
Quando um músculo executa um esforço intenso e prolongado pode acontecer um esgotamento do oxigênio existente nas células, fazendo com que o músculo não consiga mais obter energia pelos mecanismos normais. O ATP passa então a ser gerado em menor volume e de maneira anaeróbia. Assim é formado o ácido láctico, produto da fermentação láctica.

O acúmulo do ácido láctico provoca a fadiga muscular, causando dor. Seguindo-se o repouso, o ácido láctico é eliminado através do sangue e a atividade muscular volta ao normal.

 



Anterior Início