Busca  
  Genética e evolução   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Geração espontânea ou abiogênese

Photos.com/Thinkstock/Getty Images
Louis Pasteur (1822-1895)

Foi uma das primeiras teorias sobre a origem da vida, de acordo com a qual os seres vivos nasceriam espontaneamente a partir da matéria inorgânica. Essa ideia foi lançada pela primeira vez pelo filósofo Aristóteles, que acreditava que alguns objetos inanimados apresentavam substâncias ou forças que podiam constituir um ser vivo. Essa teoria baseava-se, entre outras coisas, no aparecimento de seres vivos a partir da carne em decomposição.

No século XIX, o cientista italiano Francesco Redi mostrou que esses seres vivos eram, na verdade, larvas de moscas que surgiam de ovos ali depositados. Mais tarde, o cientista francês Louis Pasteur confirmou a invalidade da teoria da geração espontânea, mostrando que a vida não surgia da matéria inorgânica, mas poderia ser proveniente da contaminação de meios apropriados por micro-organismos presentes no ar, os mesmos que poderiam provocar a decomposição da matéria orgânica exposta ao ar.

Para lembrar:

O cientista francês Louis Pasteur chegou à conclusão de que todo ser vivo, por menor que seja, procede de outro preexistente.

Acervo Klick
Oparin (1894-1980)
Teoria de Oparin

Em 1922, o cientista russo Alexander Ivanovich Oparin propôs uma nova teoria sobre a origem da vida. De acordo com Oparin, se a Terra se formou planeta há cerca de 4,5 bilhões de anos e os fósseis mais antigos datam de cerca de três bilhões e meio de anos, o planeta esteve desabitado durante aproximadamente um bilhão de anos. Sua hipótese para a formação da vida se baseava nas substâncias presentes na atmosfera terrestre primitiva e nas condições do planeta. Naquele meio inóspito, rico em gases tóxicos e sem oxigênio, exposto a altas temperaturas, cortado por descargas elétricas constantes e varrido pelos raios ultravioleta do Sol – ainda não existia a camada de ozônio –, aqueles gases devem ter-se combinado originando moléculas orgânicas que seriam o começo do desenvolvimento da vida.


Segundo o cientista russo Alexander Oparin, as moléculas presentes na atmosfera primitiva foram bombardeadas e transformadas por várias radiações cósmicas, dando origem às primeiras moléculas orgânicas.






Anterior Início Próxima