Busca  
  Genética e evolução   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Os pioneiros da transgenia

Depois de dominarem a técnica, os cientistas começaram a fazer experiências com organismos complexos. Conheça as primeiras plantas transgênicas.
 
Tabaco fosforescente, o pioneiro

Um dos primeiros experimentos realizados foi a introdução de um gene de vagalume, o responsável por sintetizar a luciferase (enzima responsável pela produção de luz, a partir da luciferina) no tabaco. Com esta modificação genética, as folhas do tabaco começaram a produzir luz.


Defesa contra pragas

Também foi com o tabaco a primeira experiência de produzir uma planta que contivesse um gene de pesticida. Foi utilizado o gene da bactéria Bacillus thuringiensis, que produz uma toxina venenosa para os insetos que se alimentam das plantas, tornando-se pragas.

Nas plantas transgênicas que receberam o gene para fazer a toxina, as folhas produziram o veneno contra esses insetos. Hoje essa bactéria é amplamente utilizada para produzir diversas plantas transgênicas resistentes a pragas, chamadas de plantas-Bt.

Você sabia

Pesquisadores ingleses injetaram em embriões do mosquito Aedes aegypti um gene do protozoário que causa malária (do gênero Plasmodium) e desencadeia a produção de uma proteína a mais na saliva do mosquito. Ao dar uma picada, o mosquito naturalmente injeta sua saliva. No caso da saliva com uma proteína a mais, desencadeia-se a produção de anticorpos e ela funciona, portanto, como uma vacina.


 
 
 


Anterior Início Próxima