Busca  
  Organismos mais simples   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Como são os vírus

No interior do vírus, há um filamento de ácido nucleico, circundado por uma capa de proteínas denominada capsídio, composta de subunidades denominadas capsômeros. Ao contrário das células características, que possuem sempre o DNA e o RNA com informações para a síntese de proteínas, os vírus apresentam apenas uma molécula de DNA ou de RNA como material genético contendo essas informações.


Os vírus são todos iguais?

Alguns vírus possuem capsídios em forma de icosaedro, contendo o ácido nucleico em seu interior. Outros vírus possuem capsídios em forma helicoidal (como um saca-rolhas), com o ácido nucleico espiralado. Os chamados vírus bacteriófagos (que infectam as células bacterianas) apresentam capsídios icosaédricos e têm uma cauda constituída por proteínas. Por fim, todos os vírus helicoidais, alguns icosaédricos e outros de forma pouco definida apresentam um invólucro membranoso em torno do capsídio, proveniente das células infectadas por eles (células hospedeiras).


O ciclo dos vírus

O ciclo dos vírus abrange duas fases: extracelular e intracelular. Na primeira, quando são chamados vírions, têm capacidade de infectar. Na fase intracelular, os vírus passam por diversas modificações que terminam na formação de novos vírions. A capacidade de sobrevivência dos vírions (o intervalo pelo qual conservam a capacidade de infectar) depende da estrutura do capsídio e da capa externa.

Para lembrar:
Alguns vírions sobrevivem durante semanas fora das células vivas; outros duram apenas algumas horas, porém não realizam nenhuma atividade ou reagem a nenhum estímulo.



Anterior Início Próxima