Busca  
  Vegetais   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

A flor

A flor é um ramo de crescimento limitado, que apresenta quatro tipos de folhas modificadas (verticilos), sendo dois verticilos férteis: o androceu (o conjunto de estames, parte masculina da flor), e o gineceu (o conjunto de pistilos, parte feminina da flor); os dois verticilos estéreis— que formam o perianto — composto pelo cálice (em sua maioria de cor verde e formado por sépalas) e pela corola (geralmente de cores vivas e formada por pétalas). As flores podem ser hermafroditas, mas também existem flores unissexuais. A forma da flor é de grande importância para a classificação das angiospermas.

 
 
transporte do pólen

O pólen ou esporo masculino é produzido nos estames. A passagem dos grãos de pólen dos estames aos pistilos (esporângio feminino) da mesma flor ou de outra se chama polinização. Dependendo da maneira pela qual esse transporte se dá, a polinização pode ser: zoófila, quando é realizada por animais, e neste caso ela pode ser entomófila, realizada por insetos que carregam o pólen nas patas, ornitófila, realizada por aves como o beija-flor, ou quiropterófila, realizada por morcegos.

A polinização também pode ser anemófila, quando o vento carrega o pólen de uma flor para outra. As flores de polinização zoófilas possuem cheiros e cores intensos e produzem substâncias açucaradas (néctar) para atrair os animais e facilitar o transporte do pólen.
 
 
O fruto, berço mais seguro

Após a fecundação, forma-se a semente. O ovário da flor transforma-se emfruto, que guarda e protege a semente até que as condições externas estejam adequadas para a germinação. O fruto possui uma cobertura (pericarpo), constituída por três camadas. Se o pericarpo for seco e fino, o fruto é seco (trigo, noz, avelã, semente de girassol); quando é suculento, o fruto é carnoso.

Existe grande variedade de frutos carnosos, como as bagas, que é quando o endocarpo fica separado da semente, podendo haver mais de uma semente (tomate, uva), as drupas, que são frutos que formam caroço (pêssego, ameixa, azeitona) e os pomos, em que a parte carnosa na verdade não é o fruto verdadeiro, e sim uma parte do receptáculo floral (pera, maçã, marmelo).






Receptáculo floral é um ramo curto que serve de base para a flor. É a parte do pedúnculo onde a flor se insere. 


Anterior Início