O que é hierarquia urbana?
Hierarquia urbana é a forma como é organizado o espaço nacional, em termos de influência de certos centros urbanos sobre outros. Tem as seguintes características: 1. Metrópoles nacionais - são as grandes cidades que possuem equipamento urbano (indústria, comércio, universidades, centros culturais, bancos etc.) bastante desenvolvido. No caso de São Paulo e do Rio de Janeiro, elas exercem influência (polarização) sobre o território nacional e são as cidades que comandam a vida econômica do País. 2. Metrópoles regionais - cidades que exercem uma polarização em toda uma extensa região, como Recife, Belo Horizonte, Belém, Porto Alegre, Fortaleza, Curitiba e Salvador. Todavia, elas são polarizadas pelas metrópoles nacionais. 3. Capitais regionais (ou centros submetropolitanos) - cidades que polarizam uma área menor ou menos importante (em termos de população) que as metrópoles regionais. Ex.: Campinas-SP, Cuiabá-MT, Campo Grande-MS, Londrina-PR, Manaus-AM, Goiânia-GO, Caxias do Sul-RS e Ribeirão Preto-SP. As capitais regionais são polarizadas pelas metróploes regionais e pelas metrópoles nacionais. 4. Centros regionais - cidades polarizadas pelas capitais regionais e que polarizam uma grande quantidade de cidades locais. Ex.: Jales-SP, Vacaria-RS, Andradina-SP, Anápolis-GO, São João da Barra-RJ. 5. Cidades locais - pequenas cidades que exercem influência numa área rduzida, onde predominam padrões rurais ou semi-urbanos de moradia (vilas, povoados, aglomerações).