O que foi a Confederação dos Tamoios?
A Confederação dos Tamoios foi uma coligação de tribos indígenas, no Rio de Janeiro, que em 1562-1563 apoiou os franceses, que haviam fundado a França Antártica, contra os portugueses. As dissensões entre as tribos e a hábil ação dos jesuítas Manuel da Nóbrega e José de Anchieta determinaram sua mudança de atitude em relação aos portugueses. Os tamoios, insuflados pelos franceses, desalojados do forte Coligny, estavam atacando os colonos e seus chefes confederados em Ubatuba, e preparavam uma grande operação guerreira contra os portugueses. A situação era grave porque os chefes indígenas que haviam sido expulsos dos seus territórios, após a derrota dos franceses, dificultavam o acordo e a pacificação sugeridos por Nóbrega. Finalmente o acordo foi feito. Cunhambebe, célebre por seu poder e ferocidade, antigo aliado dos franceses, tomou o partido dos portugueses. A Confederação dos Tamoios foi ainda a ocasião para revelar a grande influência dos pajés (chefe espiritual das tribos indígenas do Brasil, misto de sacerdote, profeta e médico-feiticeiro) na comunidade indígena.