O que é destilação fracionada?
A destilação fracionada é um processo de destilação que emprega uma coluna de vidro entre o balão que contém o líquido em ebulição e o condensador. A coluna de vidro é preenchida com algum material que não sofra reações químicas com a mistura em ebulição, como bolinhas de vidro, e tem a finalidade de tornar lenta a passagem do vapor que é produzido na ebulição. Ao passar lentamente pela coluna, o vapor perde calor para o material de preenchimento. Neste processo, pequenas diferenças de ponto de ebulição são relevantes, possibilitando que misturas gasosas contendo vapores de líquidos muito miscíveis ou de pontos de ebulição próximos possam ser separados. Cada componente que é destilado constitui uma fração do sistema original, podendo assim ser purificado com eficiência. Numa destilação simples, seria muito difícil separar uma mistura complexa de substâncias de pontos de ebulição próximos, o que justifica a existência de recursos mais eficientes, como a destilação fracionada. Industrialmente, talvez a maior importância da destilação fracionada seja na separação dos componentes do petróleo. O petróleo é uma mistura complexa contendo desde substâncias gasosas, como o gás natural, até substâncias de alto ponto de ebulição. Assim, é uma mistura com mais de 10 componentes (pode chegar a 100), de ponto de ebulição de -60 a 300°C. Para separá-lo, é usada uma coluna de aço de mais de 30 metros de altura, aquecida a altas temperaturas na base e baixas temperaturas no topo. As substâncias de ponto de ebulição maior são coletadas nas frações destiladas na base, como muitos óleos; e as mais voláteis, em regiões mais altas da coluna, onde se obtém, por exemplo, matéria-prima para a gasolina.