O que é citoesqueleto e quais as suas funções?

O citoesqueleto corresponde a uma rede de fibras protéicas e túbulos interligados presentes nas células eucarióticas, com as funções de sustentação e de movimentação. Ele é constituído por três diferentes tipos de fibras: os microtúbulos (formados de uma proteína chamada tubulina), os filamentos intermediários e a actina. Os filamentos intermediários são constituídos de proteínas fibrosas de cadeia longa e são muito resistentes à tração. São chamados de intermediários, pois seu diâmetro está entre o dos filamentos finos de actina e o dos mais grossos de miosina. Existem no citoplasma das células eucarióticas três classes de filamentos intermediários: os filamentos de queratina (nas células epiteliais), a vimentina e filamentos a ela relacionados (nas células do tecido conjuntivo, células musculares e células de sustentação dos neurônios chamadas neurogliais) e os neurofilamentos (nas células nervosas). Os filamentos intermediários encontrados no núcleo são responsáveis pela formação da lâmina nuclear, constituindo uma espécie de malha bidimensional que reveste e reforça a superfície interna da membrana nuclear. Toda a movimentação da célula é devida a movimentações do citoesqueleto. Aqui são incluídos movimentos de alongamento, achatamento, movimentação por pseudópodes, movimentos da divisão celular, eliminação de secreções, ciclose (células vegetais).