Busca  
  Física   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Reflexão da luz

Quando a luz que se propaga por um meio encontra em seu caminho uma superfície, pode ser rebatida e voltar ao mesmo meio em que se propagava, mudando de direção e conservando a velocidade. É o fenômeno da reflexão da luz. As superfícies polidas que refletem totalmente a luz chamam-se espelhos. A Óptica concentra-se no estudo da reflexão especular, pois a reflexão difusa é imprevisível.
 

Reflexão especular
Os raios paralelos que chegam a um espelho plano continuam paralelos depois de serem refletidos.

Reflexão difusa
Em superfície irregular, os raios paralelos se refletem em direções distintas.

 







Pela difusão, os corpos não-luminosos que nos rodeiam tornam-se visíveis, pois a luz procedente do Sol se difunde em diversas superfícies e ilumina as sombras.
 
Os elementos da reflexão

Eles são o raio incidente, o raio refletido, a reta normal ao ponto de incidência (perpendicular), o ângulo de incidência e o de reflexão. Raio incidente é o raio luminoso que chega ao espelho procedente da fonte luminosa. Raio refletido é o que sai do espelho uma vez produzida a reflexão. Normal é a reta perpendicular ao espelho no ponto de contato. Ângulo de incidência é o formado entre o raio incidente e a normal. Ângulo de reflexão é o ângulo formado entre o raio refletido e a normal.
 
Leis da reflexão

Primeira lei: os raios incidente, refletido e a normal encontram-se todos no mesmo plano. Segunda lei: o ângulo de incidência é igual ao ângulo de reflexão. Essas leis servirão para entender como se formam as figuras nas superfícies polidas, chamadas espelhos


Anterior Início Próxima