Busca  
  Química   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Nomenclatura de óxidos

A formulação em óxidos iônicos é igual a de qualquer composto iônico, que se faz igualando-se a carga positiva à carga negativa. Já nos óxidos moleculares deve-se levar em conta o número de ligações covalentes que os átomos podem fazer:
 
 
Entre os exemplos moleculares, repare que o enxofre e o nitrogênio apresentam suas valências expandidas, enquanto o oxigênio sempre tem valência dois.
 
Nomenclatura dos óxidos

Há três formas de dar nomes aos óxidos, mas as duas mais comuns são:

Aquela que indica o número de átomos de oxigênio e do segundo elemento por meio dos prefixos mono, di, tri, tetra:
Pentóxido de oxigênio – P2O5
Monóxido de carbono – CO
Trióxido de enxofre – SO3
  
 
 
Aquela que utiliza o número de Stockes para identificar o número de oxidação do outro elemento ­sabendo-se que nos óxidos o número de oxidação do oxigênio é sempre dois:
Óxido de ferro – Fe2O3          Óxido de cálcio – CaO


Anterior Início Próxima