Busca  
  Química   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Álcool

Álcool é qualquer composto orgânico que contenha hidroxila (– OH) como grupo funcional não ligado diretamente a um anel aromático ou a um grupo carbonílico (C=O). Os álcoois podem ser vistos como derivados de hidrocarbonetos em que um hidrogênio foi substituído pelo grupo – OH.
 
Nomenclatura

Álcoois têm seus nomes estabelecidos em correspondência com a nomenclatura dos alcanos: troca-se a terminação de O (alcanos) para OL (álcoois). Quando a cadeia é grande e ramificada se deve:
 

ALCANOS

ÁLCOOIS

Nome

 Fórmula

Nome

 Fórmula

CH4

metano

 CH3 OH

metanol

CH3 CH CH2 CH3

 butano 

CH3 CH2 CH2 CH2  OH

1 -butanol

CH  CH2  CH2 CH3

 butano 

2 -butanol

 3-metil
pentano

3-metil-1
-pentanol

 
 
   

1- Escolher a cadeia principal, que deve ser a cadeia mais longa e mais ramificada, que possui carbono ligado ao grupo funcional.

2 - Numerar a cadeia principal, com a finalidade de localizar o grupo funcional e possíveis ramificações, a partir da extremidade mais próxima do grupo funcional.

3 - Localizar e dar nome às ramificações, localizar o grupo funcional
e dar nome à cadeia principal como se fosse o hidrocarboneto
análogo, porém com terminação OL em vez de O.

 
Classificação

Os álcoois também podem ser primários, secundários ou terciários, conforme o carbono ao qual está ligado o grupo funcional.
 
Propriedades

Os primeiros álcoois da série, primários ou secundários, são líquidos incolores, de cheiro agradável, solúveis em água em todas as proporções e menos densos que ela. Os álcoois terciários são todos sólidos. Têm temperaturas de ebulição e fusão muito superiores às dos hidrocarbonetos, com o mesmo número de carbonos devido à polaridade da ligação O – H. Essa mesma polaridade dá aos álcoois um certo caráter ácido, mas a acidez não é igual em todos eles. A acidez depende do tipo de álcool e varia da seguinte forma: metanol > álcool primário > álcool secundário > álcool terciário.
 
Obtenção

O primeiro da série, o metanol ou álcool metílico (H3C – OH), pode ser obtido por hidrogenação do monóxido de carbono em presença de catalisadores: CO + 2 H2   H3C – OH. O etanol, ou álcool de vinho, é obtido por fermentação de açúcares, fécula ou amido. Essa fermentação é expressa da seguinte forma:
 

C6H12O6 → 2CH3 – CH2OH + 2CO2

(glicose)               (etanol)
 
Há duas reações gerais de obtenção:

Por ação do hidróxido de potássio sobre derivados halogenados dos hidrocarbonetos:

R – CH2CI + KOH → KCI + R – CH2OH  

Por hidratação dos alcenos:
R – CH = CH2 + H2O → R – CHOH – CH3 + R – CH2  – CH2OH
 
Dessas reações obtém-se uma mistura de álcool primário e secundário, em que o produto principal é o álcool secundário.


Anterior Início Próxima