Busca  
  Química   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Alcanos ou parafinas

As parafinas são hidrocarbonetos saturados, isto é, todas as suas ligações são simples. Sua fórmula geral é CnH2n+2, onde n é o número de carbonos que os compõem, e têm suas cadeias abertas lineares ou ramificadas. Encontrados no petróleo, não são solúveis em água e podem se apresentar nos três estados, conforme o número de carbonos. Os mais leves são gasosos e os mais pesados, sólidos. Ao queimar, como todos os hidrocarbonetos, produzem dióxido de carbono e água:

 
Esta reação é o fundamento do uso dos hidrocarbonetos como combustíveis. Eles também são usados na indústria petroquímica e no preparo de gasolinas. Quando os motores dos automóveis estão mal regulados, a combustão é incompleta, podendo formar CO, um gás letal, e C, carvão ou fuligem.
 

Nº de C
prefixados

Fórmula
semi desenvolvida

Nome

 F. empírica

1

CH4

metano

CH4

2

CH3 – CH3

etano

C2H6

3

CH3 – CH2 – CH3

propano

C3H8

4

CH3 – CH2 – CH2 – CH3

butano

C4H10

5

CH3 – CH2 – CH2 – CH2 – CH3

pentano

C5H12

 
 
O nome dos alcanos é formado por um prefixo que indica o número de carbonos, mais a terminação ano. A partir de seis carbonos, os prefixos correspondem aos numerais gregos — hex, hept, oct, non, dec etc.


Anterior Início Próxima