Busca  
  História regional   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Agricultura e estradas de ferro

Lavradores no campo: o Sul é o celeiro do país.
O Sul entrou no século XX tendo como uma de suas principais atividades econômicas a agricultura. A construção de estradas de ferro na região ajudou a integrá-la ainda mais ao restante do país. O cultivo da erva-mate e a extração madeireira intensificaram-se com a presença das ferrovias.
 
Colonização agrícola

Em 1924, o lorde Lovat, responsável por promover colonizações agrícolas na Austrália e na África, visitou o norte do Paraná e obteve do governo do Estado uma concessão de 500 mil alqueires das melhores terras da região. Em consórcio com empresas brasileiras, a área foi planificada e dividida em lotes agrícolas, originando cidades como Londrina (1931) e Maringá (1948).

O trigo e a soja

A partir dos anos de 1950, descobriu-se que as terras do norte do Paraná eram ótimas para o plantio do trigo, que acabou se tornando um dos principais produtos agrícolas do Sul. Nos anos de 1970, foi a vez da soja e do milho. Modernas técnicas agrícolas foram utilizadas em seu plantio, permitindo o desenvolvimento de agroindústrias, como as de óleo de soja.


Anterior Início Próxima