Busca  
  Política   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Mecanismos da repressão

Prisão de estudantesem 1968: as entidades do movimento estudantil enfrentam a ditadura militar.
A repressão também tinha mecanismos mais duros para agir. Prisões arbitrárias, cassações políticas, intervenções em sindicatos e universidades e tortura foram métodos amplamente utilizados pela ditadura. Com o AI-5, a repressão tornou-se ainda mais feroz: em 1969, foi criada em São Paulo a Operação Bandeirantes (Oban), embrião dos Destacamentos de Operações de Informações – Centros de Operações de Defesa Interna (DOI-Codis estaduais). Criados em maio de 1970 e financiados por empresários, os DOI-Codis eram os responsáveis pela repressão aos oposicionistas.

Oposição parlamentar e guerrilha

Na ditadura militar, os partidos políticos existentes foram proscritos. No lugar deles, surgiram apenas dois: a Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido do governo, e o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), de oposição. Este último era uma frente em que se integravam também siglas clandestinas, como o PCB, o Movimento Revolucionário 8 de Outubro (MR-8) e a Ação Popular (AP). Esses grupos atuavam tanto no Parlamento quanto em ações de guerrilha contra a ditadura. Também destacaram-se a Vanguarda Armada Revolucionária (VAR-Palmares) e o Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR).

Autopromoção da ditadura militar: o marechal-presidente Costa e Silva participa de festa do Banco Nacional da Habitação.
A sociedade civil


Além da guerrilha e da ação parlamentar, a sociedade civil também se organizou para lutar por garantias democráticas mínimas. Sindicatos e entidades de classe como a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Igreja Católica e intelectuais de esquerda empenharam-se pelo retorno à democracia e pela manutenção dos direitos humanos, desrespeitados pela ditadura militar.

Greves operárias

Para os trabalhadores, a liberdade de expressão devia estar aliada à melhoria das condições de vida. A manipulação dos índices de inflação pelo governo impedia que os salários fossem reajustados de forma satisfatória. Com isso, desencadearam-se em maio de 1978 as primeiras greves desde o golpe militar. Os metalúrgicos do ABC paulista expressaram sua oposição à ditadura e seus líderes foram processados.

Da organização operária nasceram as centrais sindicais:

• Conferência Nacional das Classes Trabalhadoras (Conclat), em 1981.
• Central Única dos Trabalhadores (CUT), em 1983.


Anterior Início Próxima