Busca  
  Política   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Como era o Brasil no Império

D. Pedro II manteve a Constituição do Primeiro Império durante todo o seu reinado.
Mesmo independente de Portugal a partir de 1822, o Brasil manteve as mesmas estruturas coloniais formadas durante os três séculos anteriores: economia agroexportadora, sociedade escravagista e patriarcalismo. Os grandes fazendeiros tornaram-se os senhores do poder político em todas as regiões do país.

Mas o centralismo semeado por D. Pedro I gerou infindáveis revoltas nas províncias, que se multiplicaram durante o Período Regencial. A unidade do Império dependeu da criação de uma Guarda Nacional forte, em agosto de 1831.



A Guarda Nacional e a unidade do Império

Sustentada pelos grandes proprietários de terra, os coronéis dessa 'força armada' impunham o poder centralizador da Monarquia em todo o território. A questão da autonomia das províncias seria um dos pontos centrais da substituição do Império pela República, em 1889.


Anterior Início