Busca  
  Política   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

A Reforma Constitucional de 1969

Anúncio da outorga da Reforma Constitucional de 1969.
Foi elaborada pelo jurista Carlos Medeiros Silva com base em estudos feitos pelo professor de Direito Penal Pedro Aleixo e nas normas decretadas pela junta militar. Incorpora o AI-5 e os atos institucionais posteriores à Constituição de 1967. Ela permitia ao presidente decretar estado de sítio e de emergência.

Os três últimos governos militares

Depois de dez meses de recesso, o Congresso foi reaberto para aprovar o nome do general Emílio Garrastazu Medici como novo presidente da República. Medici ocupou o poder de 30 de outubro de 1969 a 15 de março de 1974. Foi substituído pelo general Ernesto Geisel, que ficou na Presidência até março de 1979. O último presidente militar foi o general João Baptista Figueiredo, que substituiu Geisel e ocupou o poder até março de 1985.

Duas décadas de ditadura militar
O regime militar manteve-se por 21 anos no poder, em nome da promoção do desenvolvimento econômico e para impedir quaisquer atividades políticas que perturbassem a ordem vigente. Esses objetivos terminaram por não ser alcançados, tanto por inabilidade administrativa quanto pela resistência da sociedade civil.


Anterior Início