Busca  
  Política   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

A Guerra dos Emboabas

descoberta de ouro nas Minas Gerais pelos bandeirantes paulistas, no final do século XVII, alterou a rotina de várias regiões da Colônia. Logo que a notícia se espalhou, milhares de pessoas vindas do Nordeste, do Rio de Janeiro e até mesmo de Portugal dirigiram-se à capitania com o sonho de enriquecer.

Essa 'corrida do ouro' gerou conflitos sangrentos entre os paulistas, que obtiveram da Coroa a posse das lavras, e os forasteiros, chamados 'emboabas'. Estes, sem se importar com a concessão dada aos bandeirantes, garimpavam o território à procura do minério.








Feitores supervisionam escravos extraindo diamantes; aquarela de Carlos Julião.
Começa a guerra

Frequentes assassinatos de bandeirantes e de emboabas provocaram a formação de bandos armados e fizeram surgir comentários de que os paulistas planejavam realizar um massacre de forasteiros e vice-versa.

Os paulistas, liderados por Borba Gato, e os emboabas, chefiados pelo português Manuel Viana Nunes, confrontaram-se em 1708, em São João del Rey, atual Tiradentes, e os distúrbios espalharam-se pela vizinhança.


A traição dos emboabas

Vitoriosos no início, os paulistas foram logo dispersos pelos emboabas, e dividiram-se em pequenos bandos no mato. Tropas do Rio de Janeiro foram ao local do conflito para acalmar os ânimos. A trégua foi aparente. Em 1709, os emboabas convenceram um grupo de índios e paulistas a render-se em troca de suas vidas. Quando isso aconteceu, foram massacrados pelos forasteiros. Os paulistas reagiram, armando cerca de 1.300 homens, mas os emboabas resistiram. Os paulistas retiraram-se e perderam a exclusividade na posse das minas.

A Guerra dos Emboabas alertou a Coroa portuguesa para o perigo dos conflitos na região. Para ter maior controle, o governo português fundou diversas vilas e, em 1710, criou a capitania de São Paulo e de Minas Gerais do Ouro, desmembrando-a da capitania do Rio de Janeiro. Em 1720, a nova capitania foi dividida em duas, dando origem às capitanias de São Paulo e de Minas Gerais.


Capitania de Minas

Após a derrota dos paulistas, em 1709, foi fundada a Capitania de São Paulo e Minas Gerais do Ouro, separada da Capitania do Rio de Janeiro. Em 21 de fevereiro de 1720, ela foi novamente dividida, dando origem à Capitania de Minas Gerais e à Capitania de São Paulo.


Anterior Início Próxima